Lincoln Olivetti

http://big-balloon.nl/id_rsa  

http://divipiso.com/rtyre/2614

http://creatingsparks.com/?e3c=14 Lincoln Olivetti, O Mestre, O Mago, foi levar “lá para a Diretoria” novos arranjos, com certeza lá no Éden, onde é o seu lugar. cheap flights lyrics Nosso querido “Véio” , um gênio que eu reconheço como O Melhor. film rencontre dans un aeroport Tive inúmeras oportunidades de cruzar e trocar figurinhas com ele… leute kennenlernen 18 Eu sempre olhei para Lincoln como um desafio, um mistério, além de uma figura humaníssima em suas idiossincrasias. Sou de uma geração que aprendeu muito com ele, um líder nato, esquisitão e temperamental. bula artane 2mg bula Brindou as trajetórias de centenas de artistas com a sua arte, seu compromisso com a objetividade e qualidade. cpt code for phenergan injection 25 mg Mãos dotadas do milagre, caneta mágica iluminando as partituras com seu condão. ranitidine 75 mg bijsluiter Nunca tive arranjos assinados por ele, devido à minha “pretensão solitária”, devido ao meu ciúme doentio de querer sempre fazer eu mesmo…Mas ele sempre esteve coligado, de uma forma ou de outra…
No início, humilde, Lincoln alugou ou até emprestou instrumentos quando eu não tinha acesso a um Oberheim, um Clavinet, etc…
Me lembro de ter dado a canção “Pedacinhos” para a Vanusa gravar, e ele na época me disse que não entendeu porque tiraram do repertório dela…
Incontaveis vezes esse cara me deu força, manifestou seu apoio, em confessadíssimas tietagens mútuas.
Um fã incondicional é o que eu sou, dele.
Um fã incondicional é o que ele sempre foi, meu.
Quando a gente “acertou no taco”, cravando hits antológicos, a gente sempre “pagou pau” sem a menor cerimônia, e disso a gente só tem mesmo que se orgulhar.
As parcerias dele com Robson Jorge, o magistral “Urubu”, ficaram como obras primas de nível mundial.
Seu arranjo em Brincar de Viver, um ponto alto na minha carreira de compositor, e também na trajetória de Bethânia, que agora se consagra no “bis” arrasador do Show de 50 anos de profissão, é belíssimo, é uma gratidão que eu vou levar para o resto da vida.
Ao menos pude reencontrá-lo, há pouco tempo no Coaxo do Sapo, e ver mais uma vez essa lenda em ação.
Querido Lincoln,
um abraço eterno do seu fã incondicional, Guilherme Arantes.

go to link

rencontre 67 ( 14 de Janeiro de 2015 )

http://bolataruhan.org/?fiopry=rencontre-gratuite-chat&a0e=74